• MarkEsalq

Storytelling: criando uma narrativa cativante - Por Isabela Fontana


Storytelling significa produzir conteúdo de forma a contar uma narrativa inspiradora, com a intenção de cativar o público através de sua mensagem. Entretanto, a narrativa não é o único elemento que pode ser utilizado em sua construção, mas imagens, diálogos, sons e mais o que a criatividade permitir. O processo envolve criação, adaptação e divulgação dessa história. As narrativas criam interesse, emoção e identificação por parte do leitor, estreitando seus laços com a marca. Muitos casos bem-sucedidos de Storytelling fazem com que o leitor se coloque no lugar do personagem principal, vivenciando a jornada relatada.


O Storytelling é uma grande tendência do marketing, e está presente com muita força no marketing de conteúdo. Ele pode representar o conteúdo completo, parte dele ou ser um elemento de sustentação, formulando sua estrutura. Ele também é muito utilizado no marketing digital. As mídias digitais são excelentes canais para a divulgação de conteúdo e formas alternativas de publicidade. Além disso, elas estão sendo utilizadas de formas cada vez mais diversificadas e inteligentes. Como o Storytelling é feito propositalmente para despertar gatilhos emocionais nos consumidores, a frequência de compartilhamentos e comentários toma proporções muito maiores do que a publicidade tradicional.


Boas narrativas possuem algumas características em comum. Todas elas possuem uma mensagem, ambiente, personagem e conflito. Este último deve ser bastante elaborado, pois quanto mais difícil um desafio é de ser superado, mais interesse ele gera e mais valorizado ele é. Para que o desafio consiga ser superado, o personagem precisa passar por uma transformação. A escolha do ambiente, personagem e conflito são determinantes para a definição do público-alvo e para o sucesso da transmissão e entendimento da mensagem.


Um modelo bastante utilizado na construção de narrativas é a Jornada do Herói, criada por Joseph Campbell, a partir de uma série de semelhanças encontradas nas histórias de sucesso. No início da história, o personagem principal e o ambiente são apresentados. Em seguida, surge o conflito, e o protagonista precisa tomar uma decisão entre sair ou não de sua zona de conforto. Então, o protagonista decide por sair da zona de conforto. Ele passa por desafios e provações. Enfim, consegue superar seus desafios, e é recompensado por isso. Essa recompensa normalmente é a mensagem que o emissor deseja transmitir. Então, o personagem volta ao seu contexto original como um herói.


Outros modelos que podem ser usados para estruturar o Storytelling são o inimigo em comum, do fracasso à fama, a vida do idiota, herói por acidente e eu pareço com você. Cada um desses scripts têm suas particularidades, mas mantendo características persuasivas em comum. Entretanto, não é preciso limitar-se à esses modelos. É possível explorar a criatividade a níveis surpreendentes, cativando o público pela autenticidade.


Sou Isabela Fontana Silva, graduanda em administração pela ESALQ/USP e criadora de conteúdo do grupo MarkEsalq.
19 99195 4375 | isabela.fontana.silva@usp.br

 
Fundo Site MarkEsalq.png

Converse conosco!

Nós vamos ajudar sua empresa a alcançar resultados.

Logo MarkEsalq.png

+55 (19) 3429-4444 / Ramal 8728

Avenida Pádua Dias, 11 - Agronomia, Piracicaba - SP, 13418-900

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone LinkedIn

© 2020 por MarkEsalq