• MarkEsalq

O Marketing do Amor - Por Gustavo Rodrigues

Hoje se comemora o dia dos namorados em isolamento social pelo segundo ano seguido. Alguns mais viscerais se contorcem na angústia da ausência de um par romântico e idealizado, outros, no entanto, buscam possibilidades para agradar a pessoa amada, e ainda há quem busque uma forma de se fazer um bom negócio do amor.


No Brasil, a cultura da comemoração do dia dos namorados no mês de Junho pode ter um significado religioso, visto que se é celebrado às vésperas das festas de Santo Antônio, o famoso santo casamenteiro; pode ter também uma interpretação puramente comercial, visto que o mês de Junho é justamente o período de desaquecimento das vendas.


O dia dos namorados é celebrado no mês de Junho desde 1948 e a ideia tem uma origem não tão distinta, tampouco enigmática. Em 1948, João Doria, pai do atual governador do estado de São Paulo João Dória Jr. Era dono de uma agência de publicidade e propaganda, chama Standard Propaganda. O slogan da propaganda do primeiro dia dos namorados era "Não é só com beijos que se prova o amor!".

A intenção da criação do Dia dos Namorados se concretizou de uma maneira muito eficaz. Um exemplo desse sucesso, é que a FecomercioSP estimula um faturamento na casa dos R$69 bi. De acordo com a InfoMoney, o dia dos namorados de 2021 será a primeira data com impacto positivo na pandemia. Em relação ao mesmo período do ano passado, o varejo paulista deve ter um acréscimo de aproximadamente 5,7%, conforme previsão da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).


O e-commerce ganhou ainda mais força e notoriedade no período da pandemia. A projeção para o e-commerce, de acordo com a Neotrust, o faturamento do dia dos namorados deve ter um crescimento de aproximadamente 10% em relação a 2020, chegando a aproximadamente R$6,9 bi. Segundo o site e-commerce Brasil, em 2020 houve um crescimento exponencial nas vendas online, cerca de 117% em relação a 2019, um salto de R$2,99 bi para R$6,45 bi. De acordo com o Social Minner, que em 2020 contava com 43 milhões de cadastros, os homens compraram mais que as mulheres; cerca de 50,3% das compras. É interessante observarmos que as vendas causam impactos em diversos setores de comércio, como é o exemplo de que se estimou o aumento da venda online de flores em 8% para o período deste ano, conforme a Veja.

Quanto as campanhas, este ano O Boticário realizou duas parcerias incríveis para a data. Uma com a Globo e outra com o Tinder. Os usuários do Tinder estão sendo impactados com anúncios de descontos para compras desde o dia 8 de junho, e ao longo da semana O Boticário distribuiu vouchers no Twitter para seus seguidores experimentarem o Tinder Gold, além de terem escolhido o ex-BBB, Gil do Vigor, para ser o rosto da campanha, estampando o slogan: "conselheiro da cachorrada e do amor". Ao longo do Dia dos Namorados, O Boticário promete divulgar outras surpresas em sua página do Twitter.

Em sua parceria com a Globo, a empresa criou uma narrativa através de um videoclipe, onde os laços afetivos representam a diversidade do amor dos pares românticos. O filme traz consigo a mensagem sobre o ideal da empresa, que celebra todas as formas de amor, pois amor é amor. O diferencial da campanha é a interação com o público, que pode criar sua versão personalizada de história de amor no portal do Gshow.


É nítido que vivemos em tempos difíceis, onde podemos ter dificuldades até em ter esperança em dias melhores, mas de tudo o que o ser humano tem, o ato, sentimento, pensamento, ideia, ideal mais belo é o amor. Há quem veja a data como uma data puramente capitalista marcada pela volatilidade das relações e liquidez dos vínculos. No entanto celebremos o amor. O amor à vida, amor à esperança, amor ao amor. Porque no fim, tudo o que nos restará, é este sentimento simples e singelo.



Gustavo Rodrigues

48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo