• MarkEsalq

A Influência do Marketing no Consumo Sazonal Natalino - Por Vanessa Imai

Atualizado: Abr 2

O Natal é um feriado marcante, planejado e esperado por muitos a fim de reunir amigos e familiares em um momento especial. Por isso, os empreendedores investem intensamente em marketing e em produtos sazonais que alavancam consideravelmente as vendas nessa determinada época.


Historicamente, a data é um feriado religioso cristão, comemorado dia 25 de dezembro. Entretanto, tornou-se tradição a troca de presentes, decorações e ceias específicas, capitalizando, dessa forma, a comemoração. Até mesmo a figura famosa do Papai Noel, com a vestimenta tradicional vermelha, gorro e barba branca, foi popularizada por meio da Coca-Cola, tornando a bebida um símbolo natalino.


No entanto, esse ano, a grande sacada da marca brasileira Guaraná Antártica foi investir em uma propaganda abrasileirando o Natal, onde não há lareiras ou ursos polares, mas sim churrasco, vira-lata caramelo e piadas de tiozão, bem típicas das famílias brasileiras. Além disso, a bebida tradicional consumida na propaganda é o guaraná, desmistificando todo aquele padrão norte-americano de consumo.


Outro produto muito consumido sazonalmente na data é o panetone. Marcas como Bauducco, Cacau Show e Visconti organizam suas produções para que no final do ano haja um estoque considerável do produto. O mesmo ocorre com fornecedores de Peru e Chester, prato famoso nas ceias de Natal. Também, é válido lembrar que junto com a venda de tais produtos vem o intenso investimento em marketing e propaganda personalizada para a comemoração.


Sazonalidade se refere a algo que acontece em determinado período e de forma temporária. Assim, o Marketing Sazonal é voltado às estratégias usadas com o intuito de ganhar sobre padrões de consumo que ocorrem em períodos específicos e que se repetem anualmente. No Brasil, o Natal é o feriado nacional que mais estimula economicamente o país, aumentando as vendas de muitos segmentos, como decoração, alimentos e brinquedos. Segundo pesquisa do SPC, as compras nessa data movimentaram mais de R$ 50 milhões em 2016 e 2017.


Por fim, é fato que é uma tradição dar presentes e comer comidas típicas neste feriado. Isso acontece, dado o envolvimento emocional que está diretamente ligado ao ato da compra. Muitas dessas tradições foram criadas pelo próprio capitalismo e é evidenciado pelas propagandas. Muitas publicidades vendem não somente os produtos em si, mas a experiência e o valor afetivo que eles trazem na comemoração. Ainda assim, mesmo com esse bombardeamento de propagandas que influenciam na necessidade de consumo sazonal, façamos um esforço para lembrar sobre a essência do Natal e sobre as coisas intangíveis que esse momento celebra.


Vanessa Mayumi Imai

63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo