top of page
  • Foto do escritorMarkEsalq USP/ESALQ

A Simbiose entre o E-commerce e o Marketing Digital

O e-commerce, ou comércio eletrônico, é um tipo de varejo online, no qual todo o processo de compra e venda ocorre através da internet. Teve seu início marcado no ano de 1995, através do advento de sites como a Amazon e o e-Bay no exterior e o Booknet no Brasil. Nesse período inicial, o e-commerce ainda enfrentava uma barreira cultural muito grande por parte dos consumidores: muitos ficavam receosos em comprar pela internet, tanto por questões de segurança em relação aos seus dados pessoais e financeiros, quanto por incerteza em receber realmente o produto.


Entretanto, com o passar dos anos, houve o surgimento de várias tecnologias e serviços na web e os cidadãos passaram a ter mais confiança para usufruir das facilidadese, consequentemente, foram se acostumando com o mundo das compras online. Essa adaptação, que já era uma tendência crescente ano após ano, foi alavancada ainda mais pela pandemia do coronavírus, que forçou compradores e lojistas a encontrarem oportunidades online de compra e venda de produtos e serviços. Não por acaso, no Brasil, o e-commerce registrou aumento de 73,88% no ano de 2020 segundo o índice MCC-ENET e, após esse “boom”, vem constantemente quebrando recordes de faturamento a cada novo semestre.



Dada, portanto, a relevância que o comércio eletrônico conquistou nos últimos tempos, é essencial saber o que está envolvido no processo e as maneiras de aprimorar e potencializar as vendas nessa modalidade de varejo. Nesse sentido, se na ótica do consumidor o e-commerce muitas vezes se resume à maior praticidade para comparar, escolher e comprar, para os lojistas ele representa todo o processo por trás da venda, sendo essa apenas uma das etapas. As áreas mais determinantes para a consolidação e sucesso de um negócio online são o controle do estoque, gestão financeira, gerenciamento da logística e, especialmente, a elaboração e execução do plano de marketing.


Conceitos de marketing digital ganharam mais visibilidade com a expansão do comércio eletrônico e o conhecimento das diferentes estratégias possíveis tornou-se um diferencial competitivo entre os lojistas online. Nesse universo, o funil de vendas, por exemplo, é um importante conceito que identifica em que momento da jornada de compra o cliente está, direcionando as diferentes estratégias de marketing para cada parte do funil.


Dentre as estratégias de marketing digital mais utilizadas no e-commerce estão: a geração de informações úteis aos consumidores através do marketing de conteúdo; a utilização de gerenciadores, como Google Ads e Facebook Ads, para veicular anúncios dos mais diversos produtos; o copywriting, ou seja, a escrita persuasiva que gera urgência e necessidade ao cliente; o e-mail marketing; a criação de designs personalizados de produtos e sites; o branding; o remarketing…. São tantas táticas a serem exploradas que é impossível listar todas num único MarkBlog.




Portanto, fica evidente a estreita relação que existe entre a expansão do e-commerce e o conhecimento das estratégias de marketing digital. Por isso, quem deseja ter sucesso vendendo na internet deve estar sempre atento à dinamicidade desse universo online, já que várias dessas estratégias estão em constante aprimoramento, ao passo que novas outras vão surgindo. A inteligência artificial e o metaverso estão chegando com força para trazer novas perspectivas aos processos no mundo online e, consequentemente, ao comércio eletrônico e marketing digital.



João Guilherme Mandro



71 visualizações0 comentário

Komentarze


bottom of page