• MarkEsalq

Mercado pet e seus leais consumidores - Por Vanessa Imai


Os bichos de estimação se tornam parte da nossa família e é claro que queremos tratá-los com carinho. O mercado voltado aos pets só cresceu nos últimos anos. Ração, banhos, tosas e roupinhas são alguns dos produtos e serviços que fazem parte do dia a dia dos donos de animais.


Segundo o Instituo Pet Brasil, em 2020 o mercado cresceu 13,5% em comparação ao ano anterior no país, produzindo uma receita de 40 bilhões de reais. Atualmente, o Brasil é o segundo maior consumidor de produtos e serviços destinados aos animais de estimação, perdendo somente para os Estados Unidos.


O segmento cresceu até durante a pandemia. Por ser considerado um dos comércios essenciais, os petshops e veterinários nunca fecharam ao público, se tornando um dos poucos lugares que a população poderia frequentar. Ademais, o isolamento social levou um aumento de adoção de novos membros de estimação, elevando, também, o número de tutores e, concomitantemente, consumidores.


Os animais de estimação estão tão em alta que já ocuparam as mídias sociais, se tornando influenciadores digitais. Gudanzinho e Kiliquinha são dois influenciadores brasileiros que tem milhares de seguidores no Instagram. Através disso tudo, é possível ver que todo esse amor pelos animas reflete diretamente no crescimento econômico do segmento. Para aqueles que ainda não possuem um animal de estimação, saiba que levará para casa um amigo fiel, mas lembre-se que eles demandam de muito carinho e atenção. E não esqueça, se puder, não compre, adote. 🤍



Vanessa Mayumi Imai

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo